Rupturas do Manguito Rotador

Home / Doenças / Rupturas do Manguito Rotador

Oct 8, 2018

0

Rupturas do Manguito Rotador

Manguito Rotador é o nome que se dá a um conjunto de 4 músculos e seus respectivos tendões que envolvem a articulação do ombro. Tem por função principal a estabilização desta articulação.

São eles:

  • Supra-espinal;
  • Infra-espinal;
  • Subescapular;
  • Redondo Menor.

A Lesão do Manguito Rotador pode ser causada por um trauma agudo, assim como pelo desgaste crônico: seja o envelhecimento biológico do tendão, excesso de atividades, ou pela Síndrome do Impacto Subacromial* levando a degeneração do tendão.

*Síndrome do Impacto Subacromial

É um atrito que ocorre principalmente entre uma estrutura óssea chamada de acrômio sobre um dos tendões do manguito rotador: o supraespinal, quando o paciente eleva o braço.

Esse atrito pode ser causado por diversos fatores: formato ósseo, calcificações, atrofia, desequilíbrios musculares e distúrbios de postura.

Sintomas

Geralmente ocorre dor na parte da frente do ombro, irradiada para face lateral do braço , principalmente dor noturna. Pode ocorrer também nas atividades do dia a dia, como pegar objetos altos, estender roupas no varal, assim como em movimentos com o braço em posição mais baixa, como colocar a camisa para dentro da calça e retirar soutien.

Em alguns casos pode ocorrer perda de força no ombro, porém nem sempre este sintoma estará presente.

Evolução

Uma lesão do manguito rotador pode aumentar com o tempo, e isso ocorre em cerca de 40%, segundo os estudos atuais. É comum nos pacientes com doença do manguito rotador a presença de dor e fraqueza após um pequeno trauma. Isso pode significar que a lesão pré-existente aumentou.

Se você machucou ou tem uma dor crônica no ombro e braço, o indicado é procurar um especialista que irá fazer o diagnóstico através de história, exame físico e exames complementares para indicar o tratamento mais adequado.

Devido a forte tendência de progressão, a lesão do manguito rotador necessita de diagnóstico e tratamento precoces, evitando assim dor crônica, perda de força e movimento.